Traduzir Esta Página

 

O conceito de fabricação em série teve início após a primeira guerra mundial, quando os fabricantes optaram pela produção de carros menores e mais econômicos. Entretanto, a novidade só chegou à América Latina após a segunda guerra mundial. Foi apenas na década de 30 que algumas fábricas estrangeiras vieram para o Brasil.

adaptação veiculo

Desde sua invenção, o automóvel passou por diversas transformações físicas (em termos de material e design) e tecnológicas. Essas transformações agregaram maior conforto, agilidade e segurança para os usuários e também permitiram a redução do custo de fabricação.

Além dos benefícios citados acima, as inovações tecnológicas possibilitaram que muitas funções nos veículos pudessem ser automatizadas, como por exemplo, o ato de “passar marchas”, abrindo espaço para um mercado consumidor mais amplo. De olho no aumento de deficientes físicos, algumas empresas se especializaram em criar recursos específicos para que essas pessoas pudessem voltar a dirigir e conquistar novamente um pouco de independência.

Exigências Legais e Específicas

Para dar início ao processo de abertura da empresa é necessário que se cumpra os seguintes procedimentos:

1) Consulta Comercial Antes de realizar qualquer procedimento para abertura de uma empresa, o primeiro passo é realizar uma consulta prévia na prefeitura ou administração local. A consulta tem por objetivo verificar se no local escolhido para a abertura da empresa é permitido o funcionamento da atividade que se deseja empreender. Outro aspecto que precisa ser pesquisado é o endereço. Em algumas cidades, o endereço registrado na prefeitura é diferente do endereço que todos conhecem. Neste caso, é necessário o endereço correto, de acordo com o da prefeitura, para registrar o contrato social, sob pena de ter de refazê-lo. Órgão responsável:Prefeitura Municipal;Secretaria Municipal de Urbanismo.

2) Busca de nome e marca. Verificar se existe alguma empresa registrada com o nome pretendido e a marca que será utilizada. Órgão responsável:Junta Comercial ou Cartório (no caso de Sociedade Simples) e Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI).

3) Arquivamento do contrato social/Declaração de Empresa Individual Este passo consiste no registro do contrato social. Verifica-se também, os antecedentes dos sócios ou do empresário junto a Receita Federal, através de pesquisas do CPF. Órgão responsável:Junta Comercial ou Cartório (no caso de Sociedade Simples).

4) Solicitação do CNPJ Órgão responsável:Receita Federal.

5) Solicitação da Inscrição Estadual Órgão responsável:Receita Estadual

6) Alvará de licença e Registro na Secretaria Municipal de Fazenda O Alvará de licença é o documento que fornece o consentimento para empresa desenvolver as atividades no local pretendido. Órgão responsável:Prefeitura Municipal;Secretaria Municipal da Fazenda.

7) Matrícula no INSS Órgão responsável:Instituto Nacional de Seguridade Social; Divisão de Matrículas – INSS.

8) Certidão de Uso do Solo. Tal documento deve ser solicitado à prefeitura do município em que o empreendimento pretende instalar-se. A solicitação da certidão deve ser instruída de documentos básicos como planta de localização georreferenciada, termo de uso pretendido, etc. Cabe destacar que os procedimentos para a solicitação de certidão de uso do solo variam conforme município. Órgão responsável: Prefeitura Municipal;